Assinatura RSS

Quem é quem no ‘bate-chapa’ da eleição para APP-Sindicato em setembro

Publicado em

Maior entidade sindical do estado, a APP-Sindicato, com eleição marcada para 19 de setembro, vai ter quadro chapas disputando a direção do sindicato. A novidade do pleito é que depois de 30 anos a disputa extrapolou o campo cutista e três chapas se apresentam como oposição. Nesta sexta (28), as chapas 1 e 2 farão atos públicos de lançamento. A chapa 1 realizará ato no Sintracon (Sind. Trabalhadores da Construção Civil de Curitiba), às 19h00 -, e a chapa 2, na Sociedade Urca, também no mesmo horário.

Hermes Leão, chapa 1, da situação; Professor Paixão, chapa 2; Isabele Pereira, chapa 3; Gilson Mezarobba, chapa 4.

Depois de cerca de trinta anos, A APP-Sindicato vai ter uma bate-chapa inédito: com quatro chapas, 3 delas reivindicando o discurso de oposição. Além disso, a disputa extrapolou o campo cutista e da esquerda. A Chapa 3, potencialmente, tem afinidades com o discurso governista de Beto Richa, que acusa a atual direção da entidade dos professores de ser uma “corrente de transmissão” da política do Partido dos Trabalhadores (PT).

A chapa 2, liderada pelo professor Luiz Carlos Paixão, aglutinou também a antiga chapa 3, do pleito passado, identificada com a Conlutas, central sindical com vínculos com o Partido Socialista Unificado dos Trabalhadores (PSTU). A chapa 2 tem entre os seus integrantes membros de diversas correntes de esquerda que atuam na categoria como o ‘Mais'(grupo que rompeu com o PSTU), militantes do PSOL, a Esquerda Marxista, a Organização Comunista Internacionalista(OCI) e ativistas indepedentes. E conta também com o apoio de um setor do PT liderado pelo deputado Tadeu Veneri.

A Chapa 4, de Gilson Mezarobba, última inscrita para a disputa, reúne militantes do Partido Causa operária (PCO) e do PCB (Partido Comunista Brasileiro).

Por sua vez, a Chapa 1, da situação, aglutinou as correntes tradicionais do PT (CNB, DS e O Trabalho), o PCdoB e professores vinculados ao PMDB do senador Roberto Requião).

Tudo indica uma disputa acirrada e sem prévio favoritismo. Com a palavra, ou melhor, o voto, os mais de 70 mil filiados aptos a votar e eleger a nova direção sindical.

Anúncios

Manifeste-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: