Assinatura RSS

‘PT novo de novo’ faz avaliação vitoriosa da etapa estadual do 6° congresso do partido

Publicado em

“Após o esforço político bem sucedido para a escolha da nova direção do PT em Curitiba, no qual logramos eleger o André Machado para Presidente Municipal e um diretório eleito por consenso, mais um desafio de construção de uma nova maioria se impunha. E este desafio, sem dúvida, era maior no plano estadual”, é o que avalia o advogado Daniel Godoy, eleito para a direção da legenda,  sobre o resultado da etapa estadual do congresso do PT, que terminou neste domingo (7), em Praia do Leste, litoral paranaense.

Por Daniel Godoy* – informações e texto

Tratava-se de fazer prevalecer a vontade da base partidária por mudanças efetivas, com a construção de uma ampla unidade coletiva buscando afirmar uma direção mais adequada para os tempos sombrios de hoje e para os desafios do presente e do amanhã. Para tanto, tomamos a iniciativa juntamente com os companheiros Anísio Garcez, Angelo Vanhoni, Milton Alves, Roberto Salomão e Claudio Ribeiro,  de produzirmos uma proposta política capaz de avançar na via de uma nova direção com uma unidade política mínima. Com base em um documento submetido as forças políticas expressas na nova direção que se conformou, construímos uma ampla maioria política com 57% dos delegados do Encontro.

Assim, com base no documento que apresentamos, subscrito pelas correntes que conformam a nova maioria, defendemos o Fora Temer, Diretas já e Lula Presidente; contra as reformas trabalhista e previdenciária, a liberdade dos presos políticos, a Constituinte Soberana e a necessária revisão da organização interna do partido, inclusive em relação a extinção do PED.

Assim, unimos a experiência política de militantes históricos do partido, com a combativa juventude e o movimento de mulheres (em especial do Oeste), os quais somados a companheiros(as) do movimento popular e sindical, elegemos o Dr. Rosinha como Presidente do PT. Como bem afirmou o novo Presidente, em seu discurso de apresentação, “ não podemos deixar de lado a luta LGBT, a defesa do meio ambiente e dos direitos do povo mais oprimido e explorado”. O desbloqueio da letargia e paralisia partidária – cujo mesmo grupo político há 16 anos dirigia o partido – abre um amplo leque de perspectivas positivas.

Agora, com a inclusão de novos jovens dirigentes nos quadros diretivos e a oxigenação daí derivada no debate partidário, teremos a soma da experiência com o vigor de uma militância que supera a visão hegemonista, a qual nos últimos tempos não nos auxiliou na construção de uma relação mais fraterna, interna e externamente.

A presença do nosso companheiro Nasser na Executiva nos traz uma ainda maior responsabilidade com a nova direção. A democratização do debate – com ampliação dos espaços de atuação de filiados, intelectuais e cidadãos e cidadãs comprometidos com uma nova forma de fazer política, mais horizontal e participativa, mais democrática e menos dogmatizada – implicará na maior intimidade entre a nova direção e os novos movimentos da sociedade civil que se preocupam em assegurar as liberdades democráticas, conquistadas a duras penas. Da mesma forma, renovar as relações com o movimento popular, sindical e social de um modo geral é tarefa que se impõe.

O compromisso expresso por nossos parlamentares estaduais e federais, em especial, Professor Lemos, Péricles de Melo, Tadeu Veneri e Zeca Dirceu – os quais por certo contarão com o apoio de Ênio Verri e da senadora Gleisi – vão exigir da nossa nova direção mais debate e generosidade entre todos. Por isso, também é importante destacar a presença de quadros experimentados como Vanhoni, Elton Welter, Aderbal de Melo e Roberto Salomão que juntamente com outros companheiro(as) da antiga direção, podem estimular uma oxigenação e impulsionar o PT do Paraná nos próximos anos.

Neste sentido foi importante a manifestação do companheiro Arilson, que ao final do encontro, abraçado ao companheiro Dr. Rosinha — com quem disputou a Presidência –afirmou a necessidade de estarmos juntos para enfrentar os desafios do futuro.

*Militante do PT e integrante do Coletivo PT. Novo de Novo

** O coletivo ainda fará uma avaliação de conjunto do Congresso nos próximos dias

Anúncios

Manifeste-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: