Assinatura RSS

PT-RS defende posição de ‘nenhum voto aos golpistas’ na Câmara de Deputados

Publicado em

A executiva do PT no Rio Grande do Sul divulgou nota em que repudia a posição defendida por alguns membros do partido de apoiar a candidatura à reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para presidência da Câmara Federal. 

Imagem relacionada

 

O PT RS entende que na eleição da mesa diretora e à presidência da câmara dos deputados nosso partido deve dar um forte recado aos golpistas não apoiando nenhuma candidatura comprometida com este projeto de ataque à classe trabalhadora”, diz a nota.

“Devemos compor um bloco de esquerda, disputar e denunciar neste processo o ataque aos direitos em andamento. A participação deste bloco na mesa diretora é um direito, e este, se ameaçado, deve ser buscado na justiça a exemplo da câmara de Porto Alegre”, acrescenta a executiva, da qual é membro o deputado Paulo Pimenta.

Entre os petistas que defendem uma eventual composição com aliados de Michel Temer no Congresso, “para manter os espaços”, está o ex-ministro Gilberto Carvalho (leia aqui).

Leia na íntegra a nota do PT-RS:

“Nota sobre a eleição da mesa da câmara federal

No ano de 2016 a Câmara Federal promoveu um GOLPE na democracia brasileira, depuseram sem crime de responsabilidade uma presidenta eleita por 54 milhões de brasileiros e brasileiras, quebrando a constituição e o pacto republicano vigente até então em nosso país.

O objetivo do Golpe é de implantar no país o maior retrocesso de Direitos Sociais e trabalhista de nossa história e o congresso nacional tem sido a força que move o golpe e de forma truculenta tem passado toda a agenda golpista como a entrega do petróleo, a reforma do ensino médio, a PEC da morte entre outras.

O PT RS entende que na eleição da mesa diretora e à presidência da câmara dos deputados nosso partido deve dar um forte recado aos golpistas não apoiando nenhuma candidatura comprometida com este projeto de ataque à classe trabalhadora.

Devemos compor um bloco de esquerda, disputar e denunciar neste processo o ataque aos direitos em andamento. A participação deste bloco na mesa diretora é um direito, e este, se ameaçado, deve ser buscado na justiça a exemplo da câmara de Porto Alegre.

Neste sentido a bancada federal gaúcha está orientada a não votar em nenhum golpista.

Fora Temer

Diretas Já

Executiva estadual do PT

Anúncios

Manifeste-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: