Assinatura RSS

Nem júbilo nem comemoração com a prisão de Cunha pela Lava Jato

Publicado em

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi preso no início desta tarde de quarta-feira em Brasília e transferido para Curitiba, onde chegou por volta das 17ho5min. A prisão segue o padrão da Lava Jato: por tempo indeterminado e com ampla repercussão midiática

wilson_dias-agencia_brasil_-3 cunha.jpg

 

Confira a íntegra do despacho de Moro que decretou a prisão de Cunha (clique na imagem)

Foto: Reprodução

 

A investigação contra Eduardo Cunha sobre contas na Suíça abastecidas por propinas na Petrobras estava sob responsabilidade do Supremo Tribunal Federal (STF). Cassado  pela Câmara, Cunha perdeu o foro privilegiado perante a Corte Suprema.

Os autos foram deslocados, então, para a 13ª Vara de Curitiba, base da Lava-Jato. Na segunda-feira, Moro intimou Eduardo Cunha a apresentar sua defesa prévia em ação penal que atribui ao ex-deputado US$ 5 milhões nas contas secretas que ele mantinha na Suíça.

A prisão do ex-deputado é mais um ato arbitrário da Operação Lava Jato. Um padrão que fere o Estado de Direito, assim como outras prisões efetuadas no âmbito da operação, comandada pelo juiz Sérgio Moro.

Eduardo Cunha precisa ser investigado, seus crimes apurados, se condenado, pagar com prisão pelos seus atos ilícitos; porém, como todo cidadão e cidadã brasileiro(a), merece o devido rito legal e o amplo direito de defesa. O linchamento moral e a prisão espetaculosa não contribuem para o correto enfrentamento da corrupção, apenas reforça a condição excepcional da Lava Jato e seu caráter abusivo.

O Estado de Direito vale para todos. É preocupante que setores democráticos e progressistas festejam o tipo de prisão ocorrido hoje. A prisão de Cunha foi tão arbitrária e abusiva como a prisão de diversos petistas.

Portanto, nada a comemorar, nada a festejar. E, sim, reforçar a luta pelo retorno pleno da legalidade democrática e do Estado de Direito no país.

*Com informações da Zero Hora

Anúncios

Manifeste-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: