Assinatura RSS

Greve dos bancários vira tema de aula-debate na Faculdade de Direito da UFPR

Publicado em

Nesta sexta-feira(23),  uma aula-debate na Faculdade de Direito da UFPR, prédio histórico da Praça Santos Andrade, abordou o tema da greve dos bancários. Uma questão que tem chamado atenção da sociedade acerca do direito de greve e da tentativa de criminalização do sindicato da categoria. Posição polêmica da OAB-PR jogou holofote sobre o movimento grevista, questionando o acesso da população aos serviços bancários

A imagem pode conter: 3 pessoas , área interna

André Machado, Sandro Lunard e André Passos: um olhar do Direito do Trabalho sobre a greve dos bancários

 

Nesta sexta-feira(23),  uma aula-debate na Faculdade de Direito da UFPR, coordenada pelo professor e doutor especialista no Direito do Trabalho, Sandro Lunard e com a participação do presidente da Comissão de Direito Sindical da OAB-PR, Dr. André Passos, e do dirigente licenciado do Sindicato dos Bancários de Curitiba, André Machado, examinou os aspectos legais e o impacto da greve da categoria, que já dura três semanas.

Segundo André Passos, presidente da Comissão de Direito Sindical da OAB-PR, neste processo da greve dos bancários fica evidente o “descompasso entre a velocidade das transformações nas relações de trabalho e a legislação, o que implica em novos desdobramentos na dinâmica da construção do Direito Sindical. Neste sentido, joga papel a introdução das novas tecnologias e seus impactos na dinâmica dos conflitos trabalhistas”.

Ações judiciais questionando sobre a necessidade de atendimento nas agências bancárias em todo país refletem o conflito sobre o alcance do direito de greve. “A greve é um direito constitucional ainda criminalizado por setores da sociedade”, afirmou Passos. Que ressaltou também “o oportunismo das atuais propostas de flexibilização da legislação de proteção trabalhista num quadro de desemprego e precarização. O negociado sobre o legislado enfraquece os trabalhadores e suas organizações”, disse.

O dirigente sindical André Machado enfatizou que greve reivindica a reposição da inflação do período e tem encontrado uma posição dura dos banqueiros, de muita intransigência nas negociações, o que tem prolongado a greve.

André Machado esclareceu que serviços como pagamento de pensões alimentícias, fiança de presos, alvarás, necessidades urgentes de saúde e demais custas judiciais são serviços que não foram afetados pela greve.”Existe toda uma orientação para a conduta dos gerentes das agências para os casos dessas demandas especiais”. Para o sindicalista, “a OAB em nenhum momento procurou o sindicato para conversar e divulgou uma posição que contribuiu para desinformar a população sobre a greve. O que transparece ser uma posição política”.

Por sua vez, Sandro Lunard, declarou que a greve  é “um momento de tensão nas relações trabalhistas e que cabe à luz do Direito do Trabalho encontrar o melhor caminho para solucionar o atual impasse, respeitando os direitos dos trabalhadores”.

O presidente da Comissão de Direito Sindical da OAB, André Passos, informou que a comissão e o Sindicato dos Bancários de Curitiba farão uma mesa de diálogo para tratar de questões que envolvem o atendimento da população durante a greve e sobre possíveis mediações no decorrer da paralisação.

A categoria dos bancários conta com uma convenção coletiva válida para todo o território nacional e um piso salarial unificado nacionalmente. As negociações entre a direção sindical e os representantes dos bancos prosseguem neste final de semana.

Anúncios

Uma resposta »

  1. Parabéns pela matéria Milton. Essas são as ações que os Movimentos Sociais e Sindicatos tem de fazer. O diálogo direto com os setores da educação e toda a população. Fico feliz!

    Curtir

    Responder

Manifeste-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: