Assinatura RSS

Impasse: greve continua na Urbs e Setran

Publicado em

Prossegue a greve dos trabalhadores da Urbs e Setran. A paralisação está mantida em todos os setores e atividades. Essa foi a decisão dos trabalhadores reunidos em assembleia, que ocorreu na manhã de quarta-feira(13). Os trabalhadores não aceitam o parcelamento da reposição da inflação em quatro vezes, a proposta da administração foi ironizada pelos trabalhadores, como a proposta “Casas Bahia”, reposição em longas e suaves prestações. É mais um choque dos trabalhadores da Urbs com a administração Fruet/Gregório

grevejulho2.jpg - 186.50 Kb

Greve continua na Urbs e Setran

Impasse

A contraproposta da administração municipal oferece um reajuste dos salários de acordo com a inflação do período, porém em quatro parcelas, sendo a última delas somente para fevereiro do próximo ano.. Além disso, propõe apenas 2,23% de reajuste do vale alimentação em um período de inflação que chega a 9,83%.

Com a rejeição da contraproposta, trabalhadores e o sindicato construíram uma pauta mínima, que foi levada à empresa. Essa proposta define que, para que a greve seja finalizada, a Urbs deve, pelo menos, reajustar salários e benefícios de acordo com a inflação do período, de forma retroativa à maio.

Além disso, devem ser implantados outros itens que já foram negociados entre empresa e sindicato e já fazem parte da contraproposta apresentada pela Urbs, entre eles, a implantação do novo Plano de Cargos, Carreiras e Salários e do processo administrativo, de acordo com o que foi definido pelas comissões que estudaram a implantação desses itens.

Resposta

Foi definido a realização de uma nova assembleia da categoria para às 16h de hoje. A expectativa do sindicato e dos trabalhadores é que, até esse horário, a diretoria da Urbs apresente uma resposta à pauta mínima do sindicato.

Justiça

A assessoria jurídica do sindicato já formalizou, no dia 11 de julho de 2016, uma representação, contra a Uubs e a Prefeitura de Curitiba, junto ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) solicitando a negociação judicial com a empresa por meio de dissídio coletivo.

Uma audiência de mediação entre a diretoria da Urbs e a direção do sindicato foi agendada para as 14h30 h de quinta-feira.

Serviço:

Nova assembleia geral Urbs e Setran

Hoje(quarta-feira) – 13 de julho

Às 16h

Sede Urbs Rodoferroviária

Fonte:  SindiUrbano

Anúncios

Manifeste-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: