Assinatura RSS

Frente Nacional de Teatro: retorno do MinC é uma vitória

Publicado em

Nota da Frente Nacional de Teatro segue apoiando a continuidade das ocupações das estruturas ligadas ao MinC, notadamente dos escritórios regionais do Iphan, em todo o país. Movimento considera o recuo do golpista Temer “um primeiro passo” de uma ofensiva em defesa da democracia. A ocupação continua em Curitiba. Confira a íntegra do documento

Ocupação continua na sede da superintendência do Iphan em Curitiba. foto – Gazeta do Povo

Golpistas recuam, ocupações avançam!

A mobilização empreendida por milhares de artistas, agentes culturais, estudantes e outros setores da sociedade, que ocupam prédios do Ministério da Cultura em mais de 21 estados brasileiros, constrangeu os usurpadores da Democracia. Os golpistas foram obrigados a recuar, reconhecendo seu autoritarismo e falta de legitimidade, ao extinguirem o Ministério da Cultura nas primeiras horas de seu desgoverno.

A Frente Nacional de Teatro reage a esse recuo com um novo avanço. Ao invés de ser uma vitória da nossa causa, o retorno do MinC representa apenas o primeiro passo de uma ofensiva que se ampliará para todos os campos da sociedade, no sentido de garantir as instituições conquistadas na nossa jovem democracia (muitas delas insuficientes, mas cruciais para a construção de uma democracia real).

A estratégia dos golpistas, de retirar todo o pouco que temos para depois nos devolver menos ainda, não vai funcionar, simplesmente porque o governo não tem legitimidade suficiente para isso nem mesmo entre os seus apoiadores iniciais.

As ocupações não visavam apenas o retorno do MinC. O que sempre se exigiu, e se exige agora também, é a retomada do estado de direito, o retorno à democracia, a reconstrução da legitimidade, portanto, a saída imediata de Michel Temer do governo, que se utiliza de um golpe parlamentar para procurar realizar um governo que nunca seria possível em um ambiente democrático, governo este, que não está sendo e não será aceito pelos trabalhadores da cultura, pelos movimentos sociais, e por todos aqueles que se preocupam efetivamente com o país.

As ocupações não estão aqui para negociar pontos do governo golpista, mas sim para enfraquecer, atacar e acuar esse governo. É importante dizer abertamente: nenhuma das nossas reivindicações terá sido atendida enquanto o governo como um todo não cair. A reabilitação de um MinC e outros ministérios, no contexto de exceção que configura o atual golpe, significa apenas um recuo tático da parte dos golpistas, que visam ganhar tempo diante da evidência de que vão cair. Depois de nos atacarem com todas as suas armas eles estão percebendo que não têm tanta munição como imaginavam.

O momento é de ir para cima deles com ainda mais energia, e em conjunto com todos aqueles que percebam o desmonte que se está fazendo. Não podemos deixa-los respirar! Vamos para cima! Ofensiva total!

Frente Nacional de Teatro

#ForaTemer #CulturaResiste #MinCéNosso #AgoraDevolveoPaís

Anúncios

Manifeste-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: