Assinatura RSS

Calote nos salários provoca greve geral dos trabalhadores da Urbs

Publicado em

Trabalhadores da Urbanização de Curitiba (Urbs), empresa responsável pela gestão do transporte coletivo na cidade, e da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) estão em greve desde a madrugada desta segunda-feira (27). O calote nos salários motivou a greve. Sindiurbano apresentou pauta de reivindicações para empresa.

cap-greve

Adesão maciça: Paralisação afetou todos os setores da Urbs

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Trânsito, Transporte e Urbanização de Curitiba (Sindiurbano), Valdir Mestrini, o valor referente ao salário do mês de julho, que deveria ter sido pago no sábado (25), não foi efetuado.

Até as 11h, mais de mil trabalhadores tinham aderido à paralisação, conforme o sindicato. Os serviços de limpeza e fiscalização do transporte público e do trânsito serão os mais prejudicados, de acordo com o sindicato. O controle de entrada e saída de ônibus na rodoviária, além da emissão e recarga de cartão transporte, também serão prejudicados, explica Valdir. O quadro total de funcionários é de pouco mais de 1.500.

“A Urbs nos disse que não fez o pagamento porque a prefeitura não fez o repasse. Então, nós estamos esperando uma solução. Enquanto não fizerem o pagamento, nós não retornaremos com o trabalho”, argumentou o presidente do sindicato.

O Sindiurbano apresentou para a empresa uma pauta com proposta de reajuste salarial e de benefícios para os trabalhadores.

Fonte: Sindiurbano e G1

Anúncios

Manifeste-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: