Assinatura RSS

A ‘guarimba’ de Aécio na venezuela e as mentiras dos tucanos

Publicado em

O senador Aécio Neves (PSDB-MG), depois de difundir a mentira sobre uma suposta não autorização para o pouso de um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) levando uma delegação de parlamentares tucanos e de oposição para se encontrar com políticos direitistas venezuelanos, admitiu a permissão do governo venezuelano para aeronave que chegará no país nesta quinta-feira(18).

Tucano espera que pista venezuelana tenha as mesmas condições do Aécioporto de Cláudio (MG), construído com R$ 14 milhões do erário público em terras do tio de Aécio Neves quando era governador

Agenda é uma provocação ao governo constitucional da Venezuela

Ou seja, a  manobra tucana foi desmascarada. Não existiu nenhum veto e o governo de Nicolás Maduro apenas adotou os trâmites necessários para situações como essa. O jornal O Globo cometeu “uma barriga” quando noticiou uma suposta recusa do governo de Nicolás Maduro em receber os senadores brasileiros.

Fontes diplomáticas da Venezuela declararam ao portal Opera Mundi que a solicitação só chegou aos meios oficiais às 12 horas de terça-feira (16), período após o qual foi emitida a autorização para o pouso. Por tratar-se de aeronave militar, é necessário o aval do governo venezuelano para realizar o deslocamento.

Guarimba tucana*

A viagem, um verdadeiro ato de provocação ao país vizinho, pretende reforçar a oposição local, derrotada nas urnas como aqui. Os parlamentares querem se encontrar com Leopoldo Lopez e Antonio Ledezma, políticos de direita presos depois de revelada uma conspiração para sabotar o governo do presidente eleito Nicolás Maduro. A ação golpista provocou a morte de 43 pessoas.

Vale lembrar que a agenda dos senadores incluirá reuniões com os partidos de oposição, lideranças políticas e familiares dos políticos presos. Além de contatos com a imprensa. A visita à prisão depende de uma autorização judicial.

A agenda é uma espécie de ‘guarimba’ dos tucanos para também tentar criar embaraços nas relações entre o Brasil e a Venezuela, uma nação integrante do Mercosul.

A “guarimba” foi uma estratégia de protestos da oposição que se aplicou em Caracas e em outras cidades do país com a finalidade de provocar o caos e a desordem na Venezuela, obstruindo ruas, estradas e prédios públicos. Os atos violentos de caráter golpista, além dos danos materiais e econômicos, causaram dezenas de vítimas fatais.

Anúncios

Uma resposta »

  1. luizmullerpt

    Republicou isso em Luizmuller's Blog.

    Curtir

    Responder

Manifeste-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: