Assinatura RSS

O PT tem que voltar pra luta, convoca Lula

Publicado em

Segundo ele, é hora do partido voltar para a rua, com dirigentes, detentores de cargos e militância

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta sexta-feira (6), durante reunião do Diretório Nacional do PT em Belo Horizonte (BH), que o governo da presidenta Dilma Rousseff tem todas as condições para ser exitoso, mas que é preciso um esforço concentrado do PT para combater a campanha de ódio instaurada contra o partido.“Se a ficarmos quietos, a sentença já está dada”, declarou.
Ele conclamou  todos os dirigente e detentores de cargos no Legislativo e Executivo a dedicarem um tempo ao PT, para auxiliar na reestruturação da  imagem do partido.“A briga é política. O PT tem que ter essa consciência. Tem que usar a tribuna, tem que responder, tem que votar, tem que gritar tanto quanto eles, tanto na Câmara quanto no Senado”, declarou.Para o Lula, este é um momento de enfrentamento para o partido, de fazer uma reflexão sobre os erro do passado e voltar para a rua.

Segundo Lula, o PT governa o País, cinco estados e está fortemente presente no Congresso Nacional, mas isso não é suficiente para enfrentar as tentativas de destruição do partido.

“O PT vai ter que voltar pra luta”, afirmou.

” Não podemos permitir que quem não tem moral, venha dar moral na gente”, disse.

Para o ex-presidente Lula, o governo Dilma tem todas as condições de ser muito exitoso. “Sou extremamente otimista. Acredito que 2015 tem tudo para ser um ano promissor”, confessou. “Eu acho que o Brasil tem possibilidade de melhorar e melhorar muito, nos próximos meses”, declarou.

Repúdio

O ex-presidente aproveitou para se solidarizou com o secretário nacional de Finanças do PT, João Vaccari Neto, intimado a depor pela Polícia Federa,l na quinta-feira (5). “O que aconteceu ontem é repugnante”, declarou.

Para Lula, quem acompanha as investigações da Operação Lava Jato, da PF, sabe que a divulgação do depoimento do ex-gerente de Engenharia da Petrobras, Pedro Barusco, tem conhecimento que a divulgação de seu depoimento foi feita de forma articulada para criar manchetes em jornais.

“Eu já vi esse filme, já aconteceu em outros lugares do mundo”, recordou.

“Não e fácil um partido de esquerda governar um país importante como o Brasil. Eles não querem nem deixar concluir o mandato da Dilma, tentando criar todo e qualquer processo de desconfiança. Querem que o PT seja desacreditado na sociedade brasileira”.

Por Flávia Umpierre, enviada especial da Agência PT de Notícias

Anúncios

Manifeste-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: