Assinatura RSS

Transporte público: MPL comanda protestos nas ruas de SP, RJ e BH contra os aumentos abusivos das tarifas e anuncia novas manifestações

Publicado em

Nesta sexta-feira(9), em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, convocados principalmente pelo Movimento Passe Livre(MPL), ocorreram manifestações contra os recentes e abusivos aumentos das tarifas do transporte público nestas metrópoles .  Segundo o MPL, os protestos serão diferentes das jornadas de 2013 e novas manifestações estão programadas para a próxima semana em outras capitais.

9jan2015---manifestantes-realizam-assembleia-para-decidir-o-trajeto-do-protesto-contra-o-aumento-da-tarifa-do-transporte-publico-em-sao-paulo-no-centro-da-cidade-a-manifestacao-foi-convocada-pelo-1420834157511_956x500

Concentração de manifestantes em São Paulo nas escadarias do Teatro Municipal

Em São Paulo, os manifestantes convocados pelo  MPL saíram do Theatro Municipal por volta das 18h30 e seguiram pela rua da Consolação em direção à praça do Ciclista, no cruzamento com a avenida Paulista. De acordo com a Política Militar, cerca de 2 mil manifestantes acompanhavam o trajeto. Segundo o Movimento Passe Livre, eram 30 mil pessoas.

A passagem do ônibus e do metrô subiu de R$ 3 para R$ 3,50 no último dia 06 na capital paulista. O valor não subia desde 2011 no caso dos ônibus, e desde 2012 no caso dos trens e metrô.

Em 2013, o anúncio de um aumento na passagem gerou uma série de manifestações pela cidade, que culminaram no recuo do poder público.

Em Belo Horizonte, o protesto teve início na Praça Sete de Setembro. No dia 29 de dezembro, as tarifas de ônibus municipais passaram de R$ 2,85 para R$ 3,10. O ato, convocado pelo Tarifa Zero, teve a presença de mais de mil pessoas. “O aumento exclui a população mais pobre do acesso à cidade, além de aumentar o número de veículos nas ruas, já que as pessoas deixam de usar os ônibus e passam a andar de moto ou de carro”, afirmou a convocatória da manifestação em página criada no Facebook.

No Rio, o protesto começou as 17h na Cinelândia exigindo, além do fim do reajuste, a libertação de ativistas presos em manifestações.

Os aumentos no Rio foram questionados pelo Ministério Público (MP). De acordo com o MP, o índice de 13,3% está acima do que foi acordado com as empresas de ônibus. A passagem no Rio subiu de R$ 3,00 para R$ 3,40. A promotoria defende uma tarifa de R$ 3,20.

Repressão
O MPL (Movimento Passe Livre), que organizou a manifestação, acusa a PM de reprimir um protesto pacífico. Segundo o movimento, policiais da cavalaria atuaram na repressão na avenida Paulista. Também a chamada “tropa do braço” da PM paulista reprimiu com violência participantes da manifestação.

******

Além da notícia _________________________________________

As novas manifestações convocadas pelo MPL  geram expectativas diversas. Será uma nova onda massiva e nacional ou apenas atos localizados? Uma resposta difícil, ainda mais se tratando de um movimento social que já comprovou poder de convocatória e mobilização. Vale lembrar que o histórico do movimento é de conquista, ainda é fresca na memória o recuo de prefeitos e governadores diante das gigantescas mobilizações de junho de 2013.

O MPL realiza no momento uma estratégia de acumulação de forças: vai realizar primeiro atos localizados nas capitais e grandes cidades antes da convocação para um grande ato unificado no país. Desde junho do ano passado, o movimento reforçou a mobilização nas regiões periféricas das capitais e em cidades das regiões metropolitanas. O MPL defende a adoção da gratuidade nos transportes públicos, a tarifa zero.

O movimento também tem adotado novas táticas de luta como a criação das linhas populares feita por meio de transporte alternativo, experiência já posta em prática em localidades do “fundão” da zona leste paulistana. Além disso, o MPL tem participado de mobilizações por melhores condições de saúde nas regiões de periferias.

*Com informações do MPL e agências

Anúncios

Manifeste-se!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: